25/04/2016

Diferenças: Café Racer, Bobber, Scrambler, Street Tracker, Brat Style e Custom

Boas Galera!

Café Racer, Bobber, Scrambler, Street Tracker, Brat Style, Chopper, Custom, Naked, Big Trail, Dual... São tantos os modelos e estilos rodando por ai que despertam o nosso interesse e nossos olhares não é mesmo?



E para diferenciar o que é uma ou outra? Essas diferenças entre os modelos nem sempre são tão fáceis de se identificar somente ao olhar, e com esse grande número de estilos, pode acabar virando uma enorme bagunça. Então, vamos aqui tentar esclarecer e definir as características e as linhas básicas dos estilos mais populares de motocicletas personalizadas. Jaqueta de couro, óculos escuro, jeans surrado, botas e o lencinho no bolso... Boa leitura!
Pra início, vamos deixar bem claro que depois de concluído cada projeto ou transformação, podemos ter algumas variações e/ou misturas de alguns deles. Estas informações também viram a calhar e podem servir como um guia de compra de uma moto Customizada ou de uma Café Racer.

Custom




Embora muitas vezes ligam-se os estilos Cruiser's (estilo de motos destinadas a grandes jornadas, conhecidas no Brasil e classificadas como Custom) por a motos Custons e Chopper's, na realidade, o estilo Custom é definido para qualquer moto que foi modificada ou personalizada, sendo criada do zero ou simplesmente feita algumas alterações na moto. 

Sendo assim, poderia ser usada como classificação para qualquer moto modificada ou personalizada, em sua estrutura ou apenas peças, como também pode ser usada para motos que não possuem uma definição muito clara em seu estilo. Em geral, podemos dizer que esta categoria pode cobrir quase todos os estilos não é mesmo? O que podemos usar como referencia é usar este termo para motos personalizadas que não têm um estilo muito definido ou que possam contem detalhes mais ligados a personalidade de seu proprietário.

Chopper

chopper capitán américa
Os modelos Chopper's são muito populares nos EUA. Surgiram a partir dos anos 60, com seus desenhos totalmente diferentes e chamativos, representando muito da cultura paz e amor vivida na época. O destaque ficavam por seus longos garfos guidão posicionado no alto, o tanque de combustível acima do quadro, assentos com encostos enormes, roda dianteira de maior diâmetro, mas com pneus mais estreitos, roda traseira geralmente menor e com pneu mais largo.


Até hoje, algumas personalizações incluem desde o "cambio suicídio" a até se remover o freio dianteiro. Entre os construtores mais famosos de modelos Chopper estão a Arlen Ness, a West Coast Choppers e a famosa Orange County Choppers.

Bobber

O estilo Bobber foi criado num cenário de pós guerra na década de 40, nos Estados Unidos. Com o regresso da Segunda Guerra Mundial, os soldados começaram a usar as motos em seu dia a dia (na grande parte Harley-Davidson). Os soldados compravam essas motos, as quais eram modelos que eles usaram na guerra e faziam as suas melhorias necessárias. 

Elas são caracterizadas por serem bem baixas, com longa distância entre eixos, o chassi é reforçado, pneus largos e de mesmo diâmetro, tanto na dianteira quanto na traseira, com rodas raiadas, era retirado o para-lamas dianteiro, eram colocados fitas anti calorias nos escapes e um banco que lembra muito o de uma bicicleta... Bem simples e rústico, mono assento também e um farol mais encorpado. Na pintura, cores foscas e discretas, lembrando as características dos veículos militares sem chamar muito a atenção.

Café Racer

Como podemos ver na história, é um estilo que surgiu na Inglaterra no início dos anos 50. Um modelo mais original e limpo para a época, devido ao aparecimento das "corridas de cafés" e seus pilotos adolescentes em busca de aventuras em meio a uma áurea de rebeldia.

Normalmente, elas são diferenciadas pela posição de guidão mais baixa, o mono assento é praticamente em linha com o tanque, com freqüência é usado uma espécie de spoiler, como um pequeno apoio para o piloto. As ponteiras de escape lembrando um Trompete, o apoios dos pés ficam posicionados mais atrasados e geralmente o berço do chassi era modificado para se colocar um motor maior e alterar a ciclística do modelo usado como base. Elas podem ser vistas com uma infinidade de marcas como base, hoje se usa muito motos japonesas para projetos. O aspecto de "moto de corrida" é predominante e deixam a moto com uma rebeldia e postura única.


Brat Style

O Brat Style teve sua origem no Japão. Muito semelhante as Café Racer's, porém, em destaque na sua concepção clássica é equipada com pneus mais largos, farol menor e assento de dois lugares mais largo e ponteiras de escape mais curtas, acabam sendo mais fáceis de pilotar e unem dois estilos e ganham um maior reconhecimento e mais adeptos pelo mundo.


Quem gosta do estilo Café mas quer ter o conforto de um modelo mais convencional, e não pretende usá-la em uma corrida, está é uma ótima pedida... Um Café Descafeinado .

A Triumph disponibiliza hoje os modelos Bonneville T100 e Bonneville Thruxton que são basicamente estes dois modelos, Brat e Café respectivamente. Saiba mais AQUI.

Scrambler

Este é um modelo mais clássico do que se parece, Surgiu na Inglaterra na década de 20 e como a tradução da palavra Scrambler é exatamente para isso que ela foi concebida ( algo como "toda forma de trabalho") com o intuito de ser a primeira "topa tudo" e poder ser usada para cruzar de um canto a outro sem maiores problemas, escalando montanhas  e cruzando enlameados terrenos off-road.

Com seu jeito mais despojado e "moleque" elas foram projetadas para deixar a estrada de asfalto a qualquer momento e levar seu condutor a uma boa aventura fora da estrada (na terra). Para tanto, é equipada com rodas raiadas, o pneu knobby, tanque de combustível reduzido, assento acolchoado e de dois lugares, os canos do escapamento posicionados na lateral e no alto, quase que na altura do banco. 

Hoje, a Ducati trouxe um remake que esta muito bem aceita no cenário e super divertida de se pilotar, você pode ver mais dela clicando AQUI.

Street Tracker


Um estilo baseado nas motos de Dirt Track americanas, conservam sua aparência e são modificadas para uso urbano. Equipadas com pneus mistos, e o banco mais curto mais parecido com o das Café Racer's. Eram geralmente motos mono ou bi cilíndricas. A Yamaha hoje em dia em alguns países tem em linha o modelo denominado SR400, que é uma Street Tracker.

Diferencias-entre-Cafe-Racer-Bobber-Street-Tracker-Brat-Style-Custom-5
Ela tem uma fortíssima semelhança com a Scrambler, algumas são decoradas com números que remetem de cara aos modelos usados nas corridas de Dirt Track.

Se quiser um pouco mais sobre motos Custom, clique AQUI.




Espero ter ajudado!



Boas Estradas!

fonte:
http://www.caferacerpasion.com/diferencias-entre-cafe-racer-bobber-street-tracker-brat-style-y-custom/
https://blackbirdmoto.wordpress.com/2015/05/07/diferencias-entre-cafe-racer-brat-style-bobber-scrambler-street-tracker-y-custom/

9 comentários:

  1. É sempre bom falar desses estilos, pois algumas pessoas ainda sentem dificuldades em identificá-las! Muito bom!

    ResponderExcluir
  2. Me preparando para um projeto Scrambler!

    ResponderExcluir
  3. imaginei que a cafe racer seria um estilo e modalidade dos americanos ter velocidade ao sair de cafe para cafe e a scrambler um estilo de montar a moto custumizar

    ResponderExcluir
  4. Sempre leio essas matérias. Pois sempre tem algum detalhe a mais sobre os estilos. Eu sou apaixonado pelas Bobbers, e se alguem quiser ver, aqui tem a historia e várias fotos da transformação da minha Suzuki M800 em uma Bobber: http://forum.boulevardonline.net/index.php?topic=20077.0

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto do estilo café mas a brat pra mim seria mais apropriada no dia a dia

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto do estilo café mas a brat pra mim seria mais apropriada no dia a dia

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto do estilo café mas a brat pra mim seria mais apropriada no dia a dia

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto do estilo café mas a brat pra mim seria mais apropriada no dia a dia

    ResponderExcluir